Coimbra

Como chegar a Coimbra:

1) DE COMBOIO:

A partir de Lisboa: No Aeroporto Internacional de Lisboa (Portela), apanhe o metro ou um táxi para a estação ferroviária de Lisboa Oriente. De táxi, a viagem demorará aproximadamente 10 minutos. Os comboios para Coimbra saem de hora a hora. A viagem demorará cerca de 2 horas.

A partir do Porto: No Aeroporto Internacional do Porto (Sá Carneiro), apanhe o metro ou um táxi para Gare da Campanhã (a principal estação ferroviária do Porto). Esta viagem durará cerca de 30 minutos. Diariamente existem vários comboios com destino a Coimbra. A viagem demorará cerca de 1h30 minutos.

Para consultar horários e comprar bilhetes, visitar o site da CP (Comboios de Portugal): http://www.cp.pt/passageiros/pt/

Há duas estações ferroviárias em Coimbra: a Estação Nova-Coimbra A e a Estação Velha-Coimbra B. O local de chegada dos comboios é Coimbra B. Daí, opte por apanhar um táxi até ao hotel onde se encontra alojado. O ponto de referência para chegar ao local onde decorrem os trabalhos do congresso é a Praça D. Dinis. (ver mapa).

2) DE AUTOCARRO:

Tanto de Lisboa como do Porto poderá usar os autocarros da Rede Expressos para Coimbra. Para consultar horários e comprar bilhetes, visitar o site da Rede Expressos: http://www.rede-expressos.pt/default.aspx

Quando chegar ao terminal rodoviário de Coimbra, opte por apanhar um táxi até ao hotel onde se encontra alojado. O ponto de referência para chegar ao local onde decorrem os trabalhos do congresso é a Praça D. Dinis. (ver mapa).


 

Sobre Coimbra:

Coimbra é uma cidade portuguesa, capital do Distrito de Coimbra, da Região Centro de Portugal, da sub-região estatística e comunidade intermunicipal da Região de Coimbra e da antiga província da Beira Litoral com 102 202 habitantes (2011) no seu perímetro urbano, sendo, por isso, a maior cidade da Região Centro. [1] Sendo o maior núcleo urbano, é centro de referência na região das Beiras [carece de fontes], com mais de dois milhões de habitantes.

Coimbra é uma cidade historicamente universitária, por causa da Universidade de Coimbra, uma das maiores universidades de Portugal, que foi fundada em 1290 por D. Dinis.

Banhada pelo rio Mondego, Coimbra é sede de um município com 319,4 km² de área e 143 396 habitantes (2011), subdividido em 18 freguesias.[2] O município é limitado a norte pelo município da Mealhada, a leste por Penacova, Vila Nova de Poiares e Miranda do Corvo, a sul por Condeixa-a-Nova, a oeste por Montemor-o-Velho e a noroeste por Cantanhede. A cidade e o município são atravessados pelo rio Mondego proveniente da Serra da Estrela, no sentido Este-Oeste, sendo essa a principal particularidade geográfica do seu território.

É considerada uma das mais importantes cidades portuguesas, devido a infraestruturas, organizações e empresas nela instaladas para além da sua importância histórica e privilegiada posição geográfica no centro de Portugal continental, entre as cidades de Lisboa e do Porto. Ao nível de serviços oferecidos, é acima de tudo no ensino e na saúde que a cidade consegue maior notoriedade. A população estudantil da cidade ronda os 37 mil[3] matriculados, parte no ensino superior público não politécnico, parte no ensino superior público politécnico e parte no ensino superior privado.

O feriado municipal ocorre a 4 de Julho, em memória da rainha Santa Isabel de Aragão, padroeira da cidade.

Foi Capital Nacional da Cultura em 2003. Uma das cidades mais antigas do país, foi a capital de Portugal antes de Lisboa, e apresenta como principal ex-libris a sua Universidade, uma das mais antigas da Europa e a mais antiga da Lusofonia.

No dia 22 de Junho de 2013, Universidade de Coimbra, Alta e Sofia, foram declaradas Património Mundial da Humanidade pela UNESCO.

Fonte: Wikipedia


Para mais informações sobre Coimbra (como chegar, onde ficar, o que visitar) consulte o site oficial do Turismo de Coimbra:

Inicio - Turismo de Coimbra  DESCARREGAR MAPA OFICIAL DA CIDADE DE COIMBRA [PDF 4.1MB]

 

 

 

 

 


JiTT Coimbra

DESCARREGAR APP JiTT Coimbra